works 

Shadows, 2005

Sombras, 2005

photograph

59 x 32 in

150 x 80 cm

Photography

32 x 47.5 in (each)

1/1

In the book "El Acto Fotografico," Philipe Dubois refers to Plínio’s  history. A daughter of a potter of Cicion is in love with a young man who will  be away on a long trip. In the farewell scene, the lovers are in a room illuminated by a fire that projects their shades on the wall. In order to conjure the absence of her love and to keep his physical trace in a present time she draws his silhouette with charcoal projected on the wall as a gesture to fix his presence before his absence. Judging by the age of the photographs I had, those people may no longer be alive. However my desire to reuse them to create new images was a way to retell their stories. The accumulation of registers of something that existed, abolished by the time and oblivion, produced a wish to establish some reference to think before and after, creating a certificate of presence of existed facts.

 

No livro "O Ato Fotográfico," Philipe Dubois  refere a história de Plínio, um oleiro de Cicion cuja filha estava apaixonada por um jovem que iria se ausentar numa viajem por um período longo. Na cena de despedida, os amantes estão numa sala iluminada pela chama de um fogo que projeta a sombra deles na parede. Numa tentativa de substituir a ausência do seu amado, a filha do oleiro traça na parede usando carvão a silhueta do amante projetada pela luz, como um gesto de fixar a presença dele antes que ele partisse e se tornasse ausente. Pela idade das fotografias que eu possuía, aquelas pessoas talvez não estivessem vivas. Assim, um desejo de recriar novas imagens e de contar novas histórias. A acumulação de registros de que algo existiu, abolido pelo tempo e esquecimento, despertou em mim um desejo de estabelecer alguma referência entre o antes e o depois, criando um certificado de presença de algo que existiu.